Área PT

Vídeos

  • Programa da Fundação Perseu Abramo reuniu, nesta segunda-feira (8), o diretor da Fundação Perseu Abramo e ex-presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Artur Henrique e os dirigentes Adilson Araujo (CTB), Miguel Torres (CNMT) e Vagner Freitas (CUT). Crises sanitária e econômica, além da ameaça de crises institucionais, foram centro do debate.
  • Nesta segunda-feira (8), a partir das 20h, em debate público no canal do GGN no Youtube, será lanaçado o documentário “Sergio Moro: A construção de um juiz acima da lei”, um projeto de jornalismo independente realizado por Luis Nassif, Marcelo Auler, Cintia Alves e Nacho Lemus. O documentário é um registro histórico de uma série de violações a direitos e garantias constitucionais que marcaram a trajetória de Sergio Moro na magistratura. Acompanhe pela TV GGN, no Youtube – youtube.com/TVGGN
  • O PT comemora seus 41 anos com evento online com coordenação do ex-presidente Lula, da presidenta do partido, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR) e do ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad. A ex-presidenta Dilma Rousseff, os governadores, senadores, deputados federais, deputados estaduais, prefeitos e vereadores também participam da programação. Da mesma forma, a Fundação Perseu Abramo, o Instituto Lula, e Comitê Lula Livre, intelectuais, artistas e lideranças sindicais, estudantis e populares que atuam nas diferentes frente de luta do partido estão representadas no evento. Veja a programação completa, que se estenderá até o dia 27
  • Evento virtual que reuniu mais de 400 militantes de organizações sociais, partidárias e sindicais também deliberou ações pelo enfrentamento da crise sanitária com vacinação em massa, fortalecimento do SUS e medidas de distanciamento social e também da crise econômica, com a retomada do auxílio emergencial, defesa do Programa de Proteção ao Emprego, luta contra o Teto dos gatos e contra a Reforma administrativa.
  • Carreatas, atos e até protestos em bicicletas foram realizados em capitais e cidades do interior para mostrar a insatisfação do povo brasileiro com o governo genocida de Jair Bolsonaro. “Fora, Bolsonaro” foi o grito mais ouvido nas ruas, confirmando a queda de popularidade do atual presidente e a urgência do Congresso Nacional pautar o pedido de impeachment
  • Representes dos partidos, com participação da presidente do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), das Frentes Popular e Brasil sem Medo e entidades sindicais e do movimento social definiram três linha principais de atuação e mobilização: vacinação para todas e todos, luta pelo auxílio emergencial e campanha pelo impeachment de Bolsonaro. No sábado, já tem carreata marcada para todo o país
  • Nesta noite, o PT está acionando o STF para exigir que o governo federal garanta oxigênio, mobilize a Força Nacional para reforçar a segurança pública da cidade e mobilize médicos de outras regiões para atender a população de Manaus. “Estamos solidários e à disposição, a exemplo de outros estados, a ajudar os irmãos amazonenses”, afirmou a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT). “Em caráter de urgência, estamos cobrando medidas do governador, prefeito e governo federal para atender a população”, afirmou o deputado José Ricardo (PT-AM)
  • Nesta quinta-feira, estreia o documentário: “Moro: mais que suspeito!”,  sobre a perseguição do ex-juiz da Lava Jato contra o ex-presidente Lula. A narrativa do processo que está parado no STF há dois anos sem julgamento pode ser assistido nas redes do Comitê Lula Livre e sites parceiros. O documentário pode ser assistido aqui no site do PT Nacional
  • Em video, Lula e Gleisi pedem que as pessoas, na hora do voto, pensem sobre o que o PT fez por suas cidades e por elas. E destacam as várias políticas desenvolvidas pelo PT em todo o país.  Lula lembra que o partido criou 20 milhões de empregos, enquanto os últimos governos já desempregaram 14 milhões de trabalhadores. E mais, destaca Lula, ainda ameaçam acabar com o Bolsa Família e com o Auxílio Emergencial, no final do ano