Nota de pesar pela morte do líder sindical Hélio Bombardi

Hélio Bombardi foi um ativista atuante no movimento sindical brasileiro, figura de destaque no Movimento de Oposição Sindical Metalúrgica de São Paulo

Nota de pesar

O Brasil perde um importante lutador das causas sociais e do movimento sindical. Faleceu na madrugada desta terça-feira (13) o companheiro Hélio Bombardi.

Trabalhador metalúrgico, Hélio foi um ativista atuante no movimento sindical brasileiro, figura de destaque no Movimento de Oposição Sindical Metalúrgica de São Paulo (MOSMSP). Pautou sua atuação na organização dos trabalhadores a partir do local de trabalho, fez parte da comissão de fábrica dos trabalhadores da Massey Ferguson, ajudou a organizar a Interfábricas, espaço de diálogo onde se reuniam os ativistas sindicais que militavam em diferentes empresas da base metalúrgica de São Paulo, quase sempre em comissões de fábricas clandestinas para troca de experiências, fortalecendo os laços de solidariedade entre os trabalhadores, o que resultou em uma das mais conhecidas e atuantes oposições sindicais do país.

Em 1984, Hélio foi candidato a presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo pela chapa de oposição. Bombardi e seus companheiros enfrentaram os tempos duros da ditadura militar e foi um dos responsáveis por lutas importantes da classe trabalhadora, enfrentando dirigentes sindicais que não passavam de interventores do regime militar nos sindicatos. A luta desses companheiros foi uma luta por direitos e democracia.

Hélio Bombardi filiou-se ao Partido dos Trabalhadores em 1984, atou também no movimento sindical cutista.

Nossa solidariedade aos familares e a sua companheira Hélia.
Nesses tempos difíceis que estamos vivendo Hélio fará muita falta, mas seu exemplo de vida nos anima a continuar lutando.

Comissão Executiva Nacional do PT
Secretaria Sindical Nacional

Tópicos:

LEIA TAMBÉM:

Resolução sobre o segundo turno das eleições municipais Eleições

Mais notícias

PT Cast