Deputado estadual reeleito para o quarto mandato, Carlos Bordalo foi líder do PT na Assembleia Legislativa do Pará em 2011. Recrutado desde muito jovem pela pastoral da juventude da igreja de São Sebastião, foi uma das mais importantes lideranças do movimento de luta pela moradia do populoso bairro da Sacramenta, onde se consolidou a formação humanística que iria perpassar toda sua trajetória política.

Toda sua trajetória política tem como base a formação cristã e a Ideologia da Libertação, presentes em sua atuação na Assembleia Legislativa, onde preside a Comissão de Direitos Humanos e Defesa do Consumidor. Entre os trabalhos mais marcantes na Assembleia Legislativa, foi autor da CPI da Pedofilia, presidiu a CPI do Tráfico Humano e foi o relator da CPI das Milícias. Até o primeiro semestre de 2015, teve 67 projetos transformados em leis no Estado