Área PT
Posts arquivados em

cloroquina

  • Acordo entre EUA e Brasil permitiu a entrega de dois milhões de doses de hidroxicloroquina (HCQ) para “ajudar a defender enfermeiros, médicos e profissionais de saúde do Brasil” e “no tratamento de brasileiros infectados” pelo coronavírus. OMS anunciou retomada de testes mas adverte que iniciativa não significa recomendação do uso da substância. TCU pede esclarecimentos sobre protocolo de uso da droga ao Ministério da Saúde e à Anvisa
  • Sem resultado medicinal comprovado na cura da Covid-19, Bolsonaro “vende” o uso da cloroquina como uma solução mágica para tentar esconder a inércia do governo no combate à pandemia. Sem comprovação de eficácia, a cloroquina teve sua produção ampliada pelos laboratórios do Exército, que avalizou a decisão de Bolsonaro.
  • Em sua manifestação, além dos fatos, o general Pazuello atropelou um dos preceitos mais importantes da ética militar, que é “cultuar a verdade”.  Interino, e lançando mão de um discurso com tom “político-partidário”, aos incrédulos interlocutores mundiais afirmou que o governo atua “por meio do diálogo com os três níveis de governança”. Sem ministro efetivo, e ao estilo da velha política do “Centrão” de ocupação de cargos executivos, nesta terça-feira (19) mais nove militares foram nomeados para cargos no Ministério da Saúde.
  • Estudo conduzido nos EUA sobre uso droga, o maior já feito no mundo, aponta ineficácia e risco de pacientes desenvolverem problemas cardíacos. Em nova jogada da roleta russa imposta ao povo brasileiro, presidente afirma que como não há cura para o coronavírus, utilização da droga pode ser um “alento” para óbitos no país. Mas reconheceu: “pode dar certo, pode não certo”.