Virgílio Guimarães

Economista e servidor aposentado da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Em 1986, foi eleito deputado federal constituinte. Em 1992, foi eleito o vereador mais votado em Belo Horizonte. Exerceu outros três mandatos como deputado federal (1999-2003; 2003-2007; e 2007-2011). No período, foi relator da Reforma Tributária, presidente da CPI da Dívida Pública e membro da Comissão do Pré-Sal, entre outros. Formou-se em Economia em 1974, pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Enquanto estudante universitário, foi presidente do Diretório Central dos Estudantes da UFMG. Foi assessor técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos (1977-1982), presidente do Sindicato dos Economistas de Minas Gerais (1983-1986), diretor da Federação Nacional dos Economistas (1986-1989), presidente do PT em Belo Horizonte (1992-1993) e diretor da União dos Vereadores de Minas Gerais (1994-1996).