Arquivo

  • Em entrevista ao site ‘Tutaméia’, ex-ministro das Relações Exteriores e da Defesa defende a saída das Forças Armadas do governo. Diplomata apela à sensatez de oficiais do comando com quem conviveu: “Talvez alguns tivessem a ilusão de que poderiam tutelar o presidente. O Bolsonaro é intutelável”
  • Mobilização nacional começa neste sábado (23) com frentes populares, partidos de oposição, sindicalistas e representantes de movimentos sociais. Entre as bandeiras de luta, além do impedimento de Jair Bolsonaro, o enfrentamento da crise sanitária com vacinação para toda a população e o fortalecimento do SUS. A retomada do auxilio emergencial e a proteção ao emprego, bem como a luta contra o teto de gastos e a reforma administrativa também são alvos da campanha. A organização alerta para a necessidade de protestar com segurança, respeitando os protocolos sanitários
  • Reportagem exclusiva detalha o levantamento ‘Direitos na Pandemia – Mapeamento e Análise das Normas Jurídicas de Resposta à Covid-19 no Brasil’, da USP, que aponta como o governo agiu de forma sistemática, por meio de medidas como normas e portarias, a favor da disseminação do vírus. “Nossa bancada vai propor convidar os pesquisadores da USP a apresentarem os resultados da pesquisa à Comissão Mista Especial do Congresso sobre a Covid-19”, afirma Gleisi Hoffmann, presidenta do PT. “Essa pesquisa já foi considerada neste último pedido de impeachment apresentado pela oposição”
  • Após diagnóstico positivo para Covid-19, em dezembro, ex-presidente Lula e delegação que viajou para Cuba permaneceram em isolamento, respeitando os protocolos do sistema de saúde cubano. “Eu e toda minha equipe somos agradecidos à dedicação dos profissionais de saúde e do sistema de saúde pública cubano que estiveram conosco no cuidado diário”, afirmou o ex-presidente, já curado após cumprir quarentena. “Sentimos na pele a importância de um sistema público de saúde que adota um protocolo unificado, inspirado na ciência e nas diretrizes da OMS. E quero estender as minhas saudações a todos os profissionais de saúde que se esforçam para fazer o mesmo aqui no Brasil, apesar da irresponsabilidade do presidente da República e do ministro da Saúde”, disse o ex-presidente
  • Centrais sindicais e sindicatos realizaram ato de solidariedade trabalhadores e contra o fechamento das fábricas da montadora em diversas concessionárias localizadas nas capitais do país. As manifestações também tiveram como objetivo denunciar os impactos negativos do fechamento das unidades de Camaçari (BA), Taubaté (SP) e Horizonte (CE). Por solicitação do PT, a Alesp realizou audiência pública na quarta-feira (20) para debater os impactos devastadores no mercado de trabalho e na economia brasileira
  • No final de semana, carreatas agitam várias capitais e cidades do país em protestos contra o governo Bolsonaro. Partidos de Oposição, a Frente Brasil Popular, a Frente Povo sem Medo, entidades sindicais, estudantes e do movimento social vão às ruas. O movimento defende a vacinação para todas e todos, luta pelo auxílio emergencial e o impeachment do presidente genocida. Os organizadores alertam para a necessidade de protestar com segurança, respeitando os protocolos sanitários
  • Imunizante Soberana 02, produzido pelo Instituto Finlay passa pela fase 2 de testes, com 900 voluntários vacinados em Havana na segunda-feira (18). Países como Vietnã, Irã, Venezuela, Paquistão e Índia já demonstraram interesse na compra da vacina. “Não somos uma empresa multinacional na qual o retorno [financeiro] é a razão número um. Trabalhamos diferente, nossa prioridade é a saúde”, afirma o diretor do instituto, Vicente Vérez
  • Em texto emocionado, Paulo Frateschi lembra de Nelson Frateschi, “Nelsão”, físico, e fundador do PT. “Nelson festejou nossos avanços democráticos e populares e não estava no seu horizonte ser vítima de um governo necrófilo fascinado pela destruição”, diz Paulo. Nelson Frateschi morreu no dia 19

PT Cast