Área PT
dep.enioverri@camara.leg.br
(61) 3215-5472

Com formação política nas pastorais da Igreja Católica, é graduado e mestre em Economia pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e doutor em Integração da América Latina pela Universidade de São Paulo (USP). Antes do mandato de deputado federal, cumpriu dois mandatos na Assembleia Legislativa do Paraná, entre 2007 e 2014. Foi secretário de Fazenda e de Governo de Maringá, chefe de gabinete do Ministério do Planejamento e secretário de Planejamento do Paraná.

  • Deputados petistas querem informações do Ministério da Defesa sobre simulações feitas pelas Forças Armadas na Região Norte. Só com combustível, foram gastos R$ 6 milhões em setembro, quando o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, esteve em Roraima, na fronteira com a Venezuela. Parlamentares denunciam tensão na fronteira e se governo Trump sabia das manobras
  • O presidente da República e o ministro Paulo Guedes armam uma arapuca, ao esvaziarem o cofre do Fundeb e atacarem o bolso de credores da União – inclusive velhinhos aposentados pelo INSS –, enquanto acabam com o Bolsa Família para colocar de pé o Renda Cidadã. “Isso é contabilidade destrutiva”, critica Gleisi. “Vai ter impeachment?”, cobra a presidenta nacional do PT. Bancadas petistas lembram que já apresentaram o Mais Bolsa Família, que atenderá a mais 90 de milhões de brasileiros com R$ 600
  • Privatização de segmentos da empresa estatal é irracional e frauda decisão do STF, alertam deputados do PT. Na calada da noite, Bolsonaro edita medida provisória que autoriza a venda de subsidiárias do banco em mais um ataque contra o patrimônio público brasileira. Nesta quarta, o presidente defendeu as privatizações
  • Reformulação do programa vira projeto de lei e eleva benefício de R$ 78 para R$ 300, alcançando famílias brasileiras com renda de até R$ 600 por pessoa. Partido quer transformar atual programa em instrumento ainda mais eficaz para redução da desigualdade social, assegurando renda às camadas mais vulneráveis da população brasileira
  • Trabalhadores querem a reincorporação dos 747 companheiros demitidos em meio a negociações com a montadora. Líder da oposição lembra que lei estadual não permite demissões por empresas que recebem isenção fiscal. Sindicatos da categoria em todo o país promoverão atos em frente a concessionárias nesta quinta
  • Líderes do PT acusam o ministro de montar um esquema na pasta para devassar a vida de 579 servidores públicos, incluindo professores como o ex-secretário de Direitos Humanos Paulo Sérgio Pinheiro. Eles querem que Augusto Aras investigue e cobram ainda do TCU que apure o caso de perseguição. “A ação do se caracteriza como espionagem política”, denunciam. O caso foi revelado pelo jornalista Rubens Valente
  • Operação deflagrada nesta segunda-feira por agentes federais realiza buscas nas residências de Wellington Dias e seus familiares. PF desenterra denúncia antiga e promove abuso de autoridade, na mais descarada tentativa de constranger a oposição. Governador tem sido uma voz crítica à omissão do presidente da República no combate à pandemia do Covid-19 e alertado para a falta de colaboração do governo federal com os estados. Em abril, Damares anunciou perseguição a adversários do Planalto
  • Em nota, a presidenta Gleisi Hoffmann e os líderes Enio Verri e Rogério Carvalho condenam a perseguição política promovida contra o governador Wellington Dias e a deputada Rejane Dias. “A invasão das residências do governador e de seus familiares pela Polícia Federal, além da tentativa ilegal de invadir o gabinete da deputada Rejane, é uma notória operação midiática de perseguição e destruição de imagem pública”