Site desmascara mentiras dos bolsonaristas sobre o 8 de Janeiro

UOL identificou 24 fake news que extrema direita anda espalhando na internet sobre a tentativa de golpe de Estado

Joedson Alves/Agência Brasil

Não adianta inventar mentiras. Tentativa de golpe foi um crime estimulado, financiado e praticado por Bolsonaro e sua turba

Matéria publicada pelo site UOL, nesta quinta-feira (1º), prova que, em sua tentativa desesperada de se livrar da culpa pelos ataques golpistas de 8 de janeiro, os bolsonaristas fabricam mentiras que ultrapassam qualquer senso de ridículo.

A reportagem, que merece ser lida na íntegra (clique aqui), reúne as checagens que o UOL Confere fez até agora sobre o que a extrema direita anda espalhando nas redes sociais e aplicativos de mensagens sobre a invasão das sedes dos Três Poderes, alvo de investigação pela CPMI do Golpe.

O resultado é espantoso: ao todo, 24 mentiras são desmascaradas. Oito delas dizem respeito à tese fajuta de que os ataques teriam sido realizados por “infiltrados do PT”. 

Para espalhar essa mentira, as postagens distorcem falas da jornalista da CNN Brasil Daniela Lima e do ex-interventor na Segurança de Brasília, Ricardo Capelli, e dizem que pessoas ligadas ao PT estavam na Esplanada no dia 8, quando na verdade estavam em outra cidade.

Farsas grotescas

Duas mentiras dessa leva beiram o grotesco. Uma usa a imagem de bolsonaristas roubando uma bandeira do PT de um dos gabinetes do Congresso Nacional para afirmar que a cena “prova” a presença de petistas no ataque. 

A outra usa a posição dos ponteiros do relógio histórico trazido por Dom João VI ao Brasil em 1808 para afirmar que a peça foi destruída por um “infiltrado” às 12h25, antes de os golpistas invadirem o Palácio do Planalto. 

Leia os 3 primeiros capítulos A Cara do Golpe e saiba a verdade sobre o 8 de Janeiro

O UOL conta a verdade: o relógio não funcionava havia pelo menos 10 anos, logo os ponteiros não estavam marcando a hora correta. “A cena foi flagrada por uma câmera de segurança que mostrava o horário real da ação: 15h33 do dia 8 de janeiro”, informa o site.

A reportagem também revela que quatro das mentiras inventam “evidências” de que Lula teria planejado os ataques, três “denunciam” falsas mortes que teriam ocorrido entre as pessoas detidas durante o atentado golpista; e outras chegam a ligar um traficante carioca e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, aos ataques. Tudo devidamente desmentido pelo UOL.

Da Redação

Tópicos:

LEIA TAMBÉM:

Mais notícias

PT Cast