SP: Bancada do PT critica medidas de João Dória quanto ao isolamento

Mesmo com o recorde de mortes no Estado, o governo autorizou a reabertura do comércio e várias atividades que trouxeram elevação dos números de óbitos no interior

Cesar Ogata / SECOM

Nota da Bancada do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo

As constantes instabilidades nas orientações e comandos do governador João Doria nas ações sanitárias de isolamento social, para conter o avanço do coronavirus, nas regiões metropolitanas e no interior de São Paulo, podem ser fatais para população paulista.

Desde que adotou a flexibilização do isolamento, na semana seguinte aos feriados antecipados, o governador abandonou os parâmetros científicos e orientações dos profissionais da saúde para ceder às pressões dos setores econômicos e aliados empresariais.

Mesmo com o recorde de mortes no Estado, o governo autorizou a reabertura do comércio e várias atividades que trouxeram elevação dos números de óbitos no interior e atingiu em cheio as regiões de Barretos e Presidente Prudente, o que o fizeram recuar e prorrogar a quarentena até 28 de junho.

A ausência de planejamento, diálogo e transparência, aliados ao abandono das bases científica e sanitárias confundem a população, já prejudicada pelas omissões do governo Bolsonaro no combate à pandemia.

A Bancada das deputadas e deputadas estaduais do Partido dos Trabalhadores cobram do governador João Doria medidas assertivas e responsáveis.

As decisões e recuos do governador têm exposto e fragilizado a sociedade paulista, que além do fantasma do coronavirus, precisa driblar a falta de comando e liderança em defesa da vida.

PT/Alesp

Tópicos:

LEIA TAMBÉM:

Mais notícias

PT Cast