Líderes globais e regionais parabenizam Lula; Brasil retoma protagonismo mundial

Os chefes de Estado dos Estados Unidos, China, França, Alemanha, Espanha, México, Canadá, Rússia, Argentina e Austrália, entre outros lideres mundiais. cumprimentaram o presidente eleito do Brasil logo após o anúncio oficial da vitória pelo TSE

Ricardo Stuckert

Luiz Inácio Lula da Silva - Foto: Ricardo Stuckert

A candidatura vitoriosa de Luiz Inácio Lula da Silva já foi reconhecida por alguns dos principais líderes políticos do mundo, logo após a divulgação do resultado da eleição. Até nesta terça-feira, mais de 80 países reconheceram e saudaram a eleição do presidente Lula.

A histórica consagração do líder popular e candidato da frente ampla democrática, representada pela coligação Brasil da Esperança, foi saudada minutos depois do anúncio oficial do triunfo eleitoral pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por alguns dos chefes de Estado das Américas e Europa.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, parabenizou Lula pela vitória na corrida presidencial. “Envio meus parabéns a Luiz Inácio Lula da Silva pela vitória em uma eleição livre, justa e digna de confiança”, diz o texto distribuído pela Casa Branca. “Espero que possamos trabalhar juntos e manter a cooperação entre nossos dois países nos próximos meses e nos anos que virão”.

Os líderes dos países membros do BRICS também cumprimentaram o presidente Lula por sua eleição para a presidência do Brasil.

O presidente chinês, Xi Jinping, disse: “Atribuo grande importância ao desenvolvimento das relações China-Brasil”, comentando a eleição de Lula, segundo a emissora estatal CCTV.

“Os resultados da votação confirmaram sua alta autoridade política. Espero que, por meio de esforços conjuntos, asseguremos o desenvolvimento de uma cooperação construtiva russo-brasileira em todas as áreas”, disse Vladimir Putin em comunicado do Kremlin.

O líder alemão, Olaff Scholz cumprimentou o presidente Lula por sua vitória. “Parabéns @LulaOficial pela eleição! Estou ansioso por uma cooperação próxima e confiante com 🇧🇷 – especialmente em questões de comércio e proteção climática”, disse Scholz.

O presidente da França, Emmanuel Macron também parabenizou Lula nas redes sociais e declarou que “unirá forças com o Brasil para enfrentar os muitos desafios comuns”.

Também o líder do Reino Unido, Rishi Sunak, cumprimentou o presidente Lula;

O chefe de governo da Espanha, Pedro Sanchez, parabenizou Lula, dizendo o sucesso do novo presidente do Brasil vai ser o “sucesso do povo”. E afirmou: “Vamos trabalhar juntos pela justiça social, a igualdade e contra as mudanças climáticas. Seu sucesso vai ser do povo brasileiro”.

Também o líder mexicano Andréz Manuel Lopes Obrador cumprimentou o presidente eleito do Brasil e disse: “Lula venceu, abençoado povo brasileiro. Haverá igualdade e humanismo no país”.

O primeiro-ministro de Portugal António Costa, de Portugal, também parabenizou Lula pela vitória.

Outro chefe de Estado que também se manifestou prontamente foi o presidente da Argentina. No início da noite de domingo, Alberto Fernández declarou que Lula tem no chefe de Estado do país vizinho, um “companheiro para trabalhar e sonhar com o grande bem-estar dos nossos povos”. E encerrou: “Sua vitória é um novo tempo na história da América Latina”, declarou Fernández. “Um tempo de esperança e de futuro que começa hoje mesmo”.

Ainda, durante a noite deste domingo, os lideres do Canadá, Justin Trudeau, Anthony Albanese, da Austrália, Volodymyr Zelensky, da Ucrânia, Luis Arce, da Bolívia, Gabriel Boric, do Chile, Nicolas Maduro, da Venezuela, Gustavo Petro, da Colômbia, Miguel Díaz-Canel, de Cuba, também se manifestaram em suas redes sociais.

Líderes internacionais que já se manifestaram sobre a eleição de Lula:

🇺🇸 Joe Biden, presidente dos EUA
🇫🇷 Emanuel Macron, presidente da França
🇦🇷 Alberto Fernández, presidente da Argentina
🇵🇹 Marcelo Rebelo de Souza, presidente de Portugal
🇵🇹 António Costa, primeiro-ministro de Portugal
🇷🇺 Vladimir Putin, presidente da Rússia
🇺🇦 Zelensky, presidente da Ucrânia
🇨🇳 Xi Jinping, presidente da China
🇪🇺 Josep Borell, líder da diplomacia da UE
🇪🇺 Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia
🇨🇴 Gustavo Petro, presidente da Colômbia
🇩🇪 Olaf Scholz, chanceler alemão
🇬🇧 Rishi Sunak, primeiro-ministro britânico
🇪🇸 Pedro Sánchez, primeiro-ministro da Espanha
🇨🇺 Díaz-Canel, presidente de Cuba
🇲🇽 López Obrador, presidente do México
🇵🇾 Mario Abdo Benítez, presidente do Paraguai
🇨🇱 Gabriel Boric, pres do Chile
🇨🇦 Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá
🇦🇺 Anthony Albanese, primeiro-ministro da Austrália
🇳🇿 Jacinda Ardern, primeira-ministra da Nova Zelândia
🇧🇴 Luis Arce, presidente da Bolívia
🇻🇪 Nicolás Maduro, presidente da Venezuela
🇮🇹 Georgia Meloni, primeira-ministra da Itália
🇪🇨 Guillermo Lasso, presidente do Equador
🇵🇪 Pedro Castillo, presidente do Peru
🇺🇾 Lacalle Pou, presidente do Uruguai
🇬🇼 Umaro Embaló, presidente da Guiné-Bissau
🇧🇸 Philip Davis, primeiro-ministro de Bahamas
🇧🇧 Mia Mottley, primeira-ministra de Barbados
🇬🇹 Alejandro Giammattei, primeiro ministro da Guatemala
🇭🇹 Ariel Henry, primeiro ministro do Haiti
🇩🇴 Luis Abinader, presidente da República Dominicana
🇭🇳 Xiomara Zelaya, presidente de Honduras
🇺🇳 Tedros Adhanom Ghebreyesus, da OMS
🇳🇱 Mark Rutte, Primeiro-ministro dos Países Baixos
🇯🇵 Fumio Kishida, primeiro-ministro do Japão
🇮🇳 Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia
🇹🇷 Recep Erdogan, presidente da Turquia
🇮🇪 Michael Higgins, presidente da Irlanda
🇵🇱 Andrzej Duda, presidente da Polônia sem freio
🇵🇱 Mateusz Morawiecki, primeiro-ministro da Polônia sem freio
🇮🇱 Isaac Herzog, presidente de Israel
🇫🇮 Sauli Niinistö, presidente da Finlândia
🇸🇦 Mohammed Bin Salman, príncipe herdeiro e mandatário da Arábia Saudita
🇸🇪 Ulf Kristersson, primeiro-ministro da Suécia
🇳🇴 Jonas Gahr Støre, primeiro-ministro da Noruega
🇧🇪 Alexander De Croo, primeiro-ministro da Bélgica
🇿🇦 Cyril Ramaphosa, presidente da África do Sul
🇷🇴 Klaus Iohannis, primeiro-ministro da Romênia

Da Redação

Tópicos:

LEIA TAMBÉM:

Mais notícias

PT Cast