Posts arquivados em

Prefeituras

  • Em São Paulo, petistas gravaram, na quarta-feira (28), depoimentos para programa eleitoral gratuito e redes sociais da candidata à Prefeitura do Rio. “O Lula está muito feliz com nossa campanha, acompanhando tudo. Disse que está gostando muito da minha energia, da minha alegria, do contato com as pessoas nas ruas”, afirmou Benedita da Silva. “Volto para o Rio ainda mais animada para cumprir minha missão de ajudar a interromper esse desmonte do serviço público e resgatar as políticas públicas de combate à fome”, disse
  • Refletindo aumento de intenções de voto nas pesquisas, candidata à Prefeitura do Rio pelo PT recebeu, neste sábado (24), apoio de nomes como Chico Buarque, Antonio Pitanga, Wagner Moura, Gregório Duvivier, Martinho da Vila, José de Abreu, Teresa Cristina, Leci Brandão, Ziraldo, entre centenas de personalidades. “A candidatura de Benedita da Silva a prefeita desponta como uma rara chance de interromper a escalada de exclusões que nos empurra para a tragédia”, diz o manifesto assinado por artistas, intelectuais e políticos. Tuitaço agita redes sociais neste final de semana, com militantes espalhando a hashtag #LulacomBene
  • “Vamos comprar terrenos que estão parados, aguardando a valorização imobiliária e dar uma função social à terra”, afirmou o candidato do PT à Prefeitura da capital amazonense, durante minicomício realizado na segunda-feira (19). “Queremos incentivar o financiamento dessas casas, reduzindo o déficit habitacional, e aumentando a geração de emprego e renda, por meio da construção civil”
  • Candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PT assinou, nesta sexta-feira (16), Carta Compromisso com a População em Situação de Rua. O documento abrange medidas para atender pelo menos 24,3 mil moradores em situação de pobreza extrema na capital paulistana. Além do auxílio de R$ 100 por pessoa, Tatto irá implementar medidas para proteger da violência pessoas LGBTQIA+,  mulheres e negros, além de criar 500 mil vagas de trabalho diretas. “É fundamental oferecer serviços de acolhimento adequados, públicos, gratuitos e de qualidade”, afirma o petista
  • Em caminhada no centro de São Paulo ao lado de militantes do partido, na terça-feira (13), candidato petista reforçou compromisso de luta em defesa das mulheres. “Nossa política para as mulheres é transversal. Nós vamos voltar com a Secretaria das Mulheres que eles (Doria e Bruno) extinguiram, e fortalecer as políticas públicas para elas, para que a cidade de São Paulo volte a ser um exemplo”, afirmou Tatto.
  • “Derrotar o bolsonarismo em Fortaleza é uma missão”, afirmou Luizianne, em encontro com representantes de 50 sindicatos, nesta terça-feira (6). “Vamos fazer política de distribuição de renda, de geração de emprego, cooperativismo, frentes de trabalho, frentes da economia criativa”, garantiu a candidata do PT à Prefeitura da capital cearense
  • Candidato à Prefeitura da capital do Rio Grande do Norte afirma que Passe Livre pode ser implementado em corredores da cidade no curto prazo. “Nós vamos aproveitar o fato de que o transporte público não tem concessão, não tem regra, para começar do zero, de uma forma que permita ter passagem de graça em Natal em um espaço de tempo gradual”. Para a saúde, Jean propõe uma “revolução”, com a reprodução do Mais Médicos e foco na atenção básica. “O natalense terá a sua saúde abraçada por uma gestão inteligente e eficiente”, afirmou.
  • Única com mais de 40 anos de serviços prestados à população humilde do Rio de Janeiro, Benedita da Silva participou do 1º debate entre candidatos à Prefeitura, na quinta-feira (1º). Ela apresentou propostas para saúde, transporte e emprego. “A saúde está um caos, estamos vendo 300 mil pessoas aguardando nas filas para serem atendidas”, criticou Benedita. “Vamos colocar as UPAS e Clínicas da Família para funcionar”, garantiu. Sobre desemprego, foi enfática: “é preciso que a gente cuide dessas pessoas que estão nas ruas para que elas sejam alimentadas. Doeu na alma ver pessoas perdendo casa, eu sei o que é ficar na rua, sem ninguém”, disse, referindo-se ao despejo de moradores por Crivella