Em defesa da democracia e de Lula ser candidato

Ceará encerra mês de janeiro com 313 comitês populares

Estado dá exemplo de mobilização e resistência nas atividades da população de diversas comunidades em defesa de Lula e da democracia

Divulgação

Tanto na capital Fortaleza quanto em cidades do Interior a população tem mostrado força contra o golpe

A população do Ceará tem se destacado na mobilização em defesa de Lula e da democracia. Para se ter ideia, somente no mês de janeiro, o estado contabilizou a criação de 313 comitês populares espalhados tanto na capital Fortaleza quanto em cidades do Interior.

Para o senador José Pimentel (PT-CE) , os comitês representam um forte ponto de apoio nas comunidades. “Uma das nossas tarefas neste período é ampliar a constituição desses espaços, envolvendo toda a militância democrática e progressista na sua organização”, afirmou.

Em todo o Brasil já há mais de dois mil comitês populares criados por trabalhadores, sindicalistas, jovens, estudantes e militantes que têm se mobilizado para criar resistência contra o golpe.

Comitês populares

Os Comitês Populares em Defesa da Democracia e do Direito de Lula ser candidato à Presidência da República são uma articulação com o objetivo de envolver os movimentos sociais, populares, sindicais, artistas, sociedade civil e toda militância petista, assim como os partidos do campo democrático e popular.

“Desde o golpe sofrido após o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, é preciso organizar a classe trabalhadora e setores médios da sociedade para a manutenção do processo democrático”, define a presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann.

Da Redação da Agência PT de Notícias

Tópicos:

LEIA TAMBÉM:

Mais notícias

PT Cast