Elas por Elas

Deputada Natália Bonavides é quem mais destinou recursos para o RN

A deputada federal aparece em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto para Federal em 2022. Por conta disso e de sua atuação, vem sofrendo violentos ataques das milícias digitais bolsonaristas

Deputada federal mais jovem da bancada petista na Câmara, Natália Bonavides, aparece em 1º lugar na pesquisa SENSUS para deputada federal em 2022 no Rio Grande do Norte. O resultado da pesquisa, confirma atuação de destaque da Parlamentar, que é a deputada potiguar que mais destinou recursos ao Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio de emendas parlamentares.

Foram mais de 32 milhões e 674 mil reais destinados ao Governo  do Estado para investimentos em saúde, educação, segurança, agricultura familiar, cultura, lazer, esporte, no combate à Covid e obras estruturais para o povo potiguar.

São tempos difíceis para o Brasil, principalmente para um estado como o nosso, onde a governadora herdou salários atrasados, estrutura precária e déficit financeiro, mas com muito trabalho tem colocado as contas em dia e investido no estado. Na reunião que tivemos ontem com a governadora, destacamos como o povo do RN tem reconhecido esse trabalho, e que nosso mandato seguirá contribuindo para continuarmos construindo um RN cada vez melhor”, pontuou Bonavides. 

As emendas são para reformas em hospitais, delegacias, escolas, casas de cultura, bibliotecas, compra de vacinas, equipamentos hospitalares, insumos, equipamentos de pesca e agrícolas, perfuração de poços e entre outros. 

Educação

Titular da Comissão de Educação na Câmara, Natália Bonavides e a Marília Arraes (PT/PE) articulam uma série de ações conjuntas em defesa das instituições públicas de ensino superior.

“O projeto de sucateamento das Instituições de Educação Pública Federais no país, que faz parte do programa ultra neoliberal, é absurdo. Isso ficou muito claro com a sanção da Lei Orçamentária Anual de 2021. Nossa tarefa é lutar contra esse projeto de desmonte e contra os cortes”, ressaltou a deputada Natália Bonavides.

Entre as ações imediatas, as parlamentares protocolaram na Câmara um requerimento de informação que solicita ao ministro da Educação informações sobre a redução orçamentária para as instituições federais de ensino em 2022. As parlamentares também irão acompanhar e coordenar os esforços para trabalhar junto às bancadas de oposição para a imediata recomposição dos orçamentos de 2021, condição essencial para garantir que as atividades presenciais possam ser retomadas.

Despejo Zero

No início de julho, a Câmara aprovou o projeto de lei nº 827/2020, de autoria da deputada federal Natália Bonavides (PT/RN) e dos deputados federais André Janones (AVANTE/MG) e Rosa Neide (PT/MT), que busca impedir despejos, desapropriações ou remoções forçadas até o dia 31 de dezembro de 2021.

A aprovação da Câmara seguiu a votação do Senado, onde a bancada ruralista aprovou uma emenda ao projeto para excluir as áreas rurais da abrangência do projeto. Deste modo, foi aprovado pelo Congresso Nacional, projeto de lei para impedir despejos em áreas exclusivamente urbanas.

“Mesmo com a absurda mudança que tirou áreas rurais dessa proteção, arrancar essa aprovação de um Congresso como este foi uma vitória em tempos tão duros”, destacou Natália, autora do projeto.

De acordo com a campanha Despejo Zero, mais de 12 mil famílias foram colocadas na rua desde o início da pandemia e mais de 72 mil estão sendo ameaçadas de despejo. 

Violência política

Com a atuação parlamentar incisiva em defesa da classe trabalhadora, Natália Bonavides se tornou mais uma vítima da violência política de gênero. Ameaças e agressões ocorreram menos de 24 horas depois da divulgação com os resultados da pesquisa SENSU.

As mensagens e comentários mostram o caráter misógino das agressões, todos atacam a parlamentar por ser mulher. “A violência desses ataques e de onde eles partem reforça ainda mais a importância do trabalho que temos feito em nosso mandato, lutando e defendendo os direitos das trabalhadoras e dos trabalhadores”, ressalta Natália Bonavides.

Em solidariedade à Deputada potiguar, a vereadora petista de Natal, Divaneide Basílio, também caracterizou os ataques como machistas. “O machismo não aguenta que as mulheres ocupem espaços de poder”.

Em tempos de bolsonarismo, é cada vez maior o número de violências contra mulheres que ocupam lugares na política. “Nós somos solidárias à deputada Natália, que vem desempenhando um papel importante na Câmara Federal em defesa das trabalhadoras e trabalhadores desse país. E para nós é cada vez mais urgente denunciar e enfrentar a violência política de gênero, porque o país que nós queremos é com mais mulheres ocupando espaços de poder e enfrentar a violência política é essencial para que as mulheres se sintam encorajadas a estar nesses espaços”, destaca a secretária nacional de Mulheres do PT, Anne Moura.

Redação Elas por Elas

Tópicos:

LEIA TAMBÉM:

Mais notícias

PT Cast