Área PT
Posts arquivados em

Neoliberalismo

  • Prioridade do governo, proposta corta salário e estabilidade dos servidores e dá poder absolutista para presidente, governadores e prefeitos fecharem empresas, autarquias e institutos, sem o aval do Legislativo. O fim da estabilidade e os cortes salariais afetam não apenas o bolso do servidor, mas a qualidade do atendimento ao público”, denuncia o diretor da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef/Fenadsef) e da CUT, Pedro Armengol
  • “Não existe democracia quando há um abismo social e um racismo estrutural”, afirmou o candidato do PSOL em evento realizado em São Paulo, nesta sexta-feira. O ato contou com a participação de representantes do PT, PDT, PSB, Rede e PCdoB, além dos representantes da coligação da candidatura psolista formada por PCB e UP. “Essa mesa é o caminho da vitória”, afirmou Jilmar Tatto, candidato do Partido dos Trabalhadores no primeiro turno da eleição
  • Em entrevista à revista americana ‘The New Yorker’, o ativista político Noam Chosmky se mostra preocupado com a possibilidade de o presidente dos Estados Unidos, derrotado nas urnas por Joe Biden, se recusar a aceitar o resultado das eleições presidenciais. “É difícil encontrar um presidente americano que tenha se dedicado mais a enriquecer e capacitar os ultra-ricos e o mundo corporativo – e é por isso que eles ficam felizes em tolerar suas travessuras”
  • Na encíclica “Todos Irmãos”, Francisco analisa a crise mundial e a pandemia do coronavírus e seus impactos sobre a humanidade. “O mercado sozinho não resolve tudo”, alerta. Sua Santidade rejeita abertamente o neoliberalismo e manifesta profunda preocupação social com o destino dos povos. “O golpe duro e inesperado desta pandemia fora de controle obrigou, à força, a voltar a pensar nos seres humanos, em todos, mais do que no benefício de alguns”
  • Desde maio, o desemprego aumentou em 27%, totalizando 12,9 milhões de brasileiros, 2,9 milhões a mais do que o registrado em maio. Ao mesmo tempo, 107 milhões de lares serão atingidos com a redução pela metade do auxílio emergencial a partir deste mês. A falência de cerca de 700 mil pequenos negócios até junho se junta ao cenário do desastre econômico e social. Além disso, o teto de gastos impede o investimento público. Para enfrentar a situação, PT apresentou o Plano de Reconstrução e Transformação do Brasil
  • Dezoito meses depois de assumir, governo mostra o tamanho do desastre econômico, com mergulho da atividade econômica num recuo brutal e sem precedentes na história. O colosso de Guedes mostra país à beira da convulsão, com 50 milhões de brasileiros vivendo no mercado informal. PT reitera a solução para a piora das condições de vida da maioria da população brasileira: Fora, Bolsonaro!