Posts arquivados em

Recife

  • O que tinha ocorrido nas eleições presidenciais de 2018 foi reproduzido em várias capitais e cidades do país nesta reta final nas disputas municipais. Os candidatos da oposição, em particular do PT, foram alvo de mentiras, intrigas e enfrentaram a engrenagem administrativa, que funcionou em favor dos prefeitos que concorriam à reeleição ou estavam com afilhados na corrida eleitoral
  • Na reta final, candidata a prefeita do PT reforça sentimento de renovação na população da capital pernambucana. “O Recife não aguenta mais quatro anos de uma gestão que tem abandonado a nossa cidade”, disse Marília, neste sábado (28). Na sexta (27), ela participou do último debate antes da eleição, transmitido pela TV Globo. Marília apresentou propostas para gerar emprego e renda e reafirmou seu compromisso em devolver a cidade aos recifenses. “Falta só um dia para a gente escrever uma nova história no Recife”, festejou Marília
  • Grupo de 70 juristas de Pernambuco e de outros estados lançaram, na quinta-feira (26), manifesto de repúdio a dezenas de fake news, ataques covardes e mentirosos contra Marília Arraes, candidata a Prefeita do Recife pelo PT. “No início do 2º turno no Recife, após as pesquisas eleitorais apontarem o favoritismo da primeira mulher que pode governar a prefeitura da cidade, a campanha do candidato João Campos passou a praticar o desprezo da ética e o aviltamento da autodeterminação do eleitorado recifense, através de notícias falsas e ataques repugnantes em qualquer processo democrático”, condenam os juristas
  • Segundo revelou reportagem da ‘Folha’, servidores com cargos comissionados recebem, desde o primeiro turno, instruções pelo ‘WhatsApp’ para trabalhar para o candidato do PSB. “As convocações incluem bandeiraços, distribuição de panfletos em semáforos e comunidades e o uso de camisetas amarelas —cor da coligação do PSB”, relata o jornal. Nesta quinta-feira (26), a campanha de Marília Arraes (PT) entrou Justiça com uma ação por crime eleitoral que pode tornar João Campos inelegível
  • Pesquisa divulgada pelo Ipespe nesta terça-feira (24) confirma liderança da candidata do PT à Prefeitura da capital pernambucana. Marília Arraes, que apareceu no primeiro lugar em todos os levantamentos feitos neste segundo turno, tem 54% dos votos válidos, contra 46% do candidato do PSB, segundo o levantamento. Diferença entre os dois pode chegar a 14 pontos percentuais, considerando-se a margem de erro
  • Mesmo sob ataque, candidatura da petista à Prefeitura segue crescendo e recebendo solidariedade de lideranças do campo progressista, como o deputado estadual João Paulo Lima e Silva (PCdoB-PE), o deputado federal Tulio Gadelha (PDT-PE) e o ex-ministro Armando Monteiro. Neste domingo (22), juiz da 6ª Zona Eleitoral determinou que não seja mais veiculada na TV a propaganda eleitoral do PSB, que mentia ao dizer que Marília poderia acabar com o PROUNI Recife e que seria contra a Bíblia
  • O que a ‘Folha de São Paulo’ mostrou ao Brasil sobre a campanha suja do candidato do PSB: reportagem publicada neste final de semana expõe todas as contradições e fragilidades da candidatura de Campos à prefeitura do Recife. Texto também cita lambe-lambe ofensivos espalhados pela cidade, que mostram claramente uma atitude desesperada do PSB a poucos dias da eleição em segundo turno
  • “Toda a minha solidariedade aos familiares de João Alberto Silveira Freitas e que os culpados sejam responsabilizados”, cobrou a candidata à Prefeitura do Recife pelo PT, Marília Arraes. Freitas foi espancando até a morte no estacionamento do supermercado Carreffour, na noite de quinta-feira (19), em Porto Alegre (RS). “Enquanto não combatermos o racismo estrutural, a gente não combate a desigualdade, afirmou Marília, nesta sexta-feira (20), durante ato para celebrar Dia da Consciência Negra
  • Candidata a prefeita do Recife pelo PT levou ao Alto Santa Isabel, na terça-feira (17), proposta para colocar corrimão nas escadarias de todos os morros e beneficiar 500 mil moradores. “É preciso lembrar que a escadaria é a rua de muita gente. As pessoas precisam andar nesses lugares sem estrutura nenhuma, sem iluminação”, afirmou Marília Arraes. Campanha continua a crescer: Anderson Ferreira, prefeito reeleito de Jaboatão, anunciou apoio à candidatura de Marília. “Juntos vamos resgatar o desenvolvimento econômico e social dos municípios da Região Metropolitana do Recife”, disse a petista
  • A cada ‘live’ ou aceno do presidente, candidatos do campo bolsonarista afundam nas pesquisas e perdem tração, na reta final das eleições municipais. Em seis capitais, o líder da extrema-direita transformou a indicação num problema político, ampliando o repúdio dos eleitores ao governo federal. Enquanto isso, o PT segue avançando, consolidando-se como a maior força da oposição no país, mostrando competitividade e força