Área PT
Posts arquivados em

Recife

  • O que a ‘Folha de São Paulo’ mostrou ao Brasil sobre a campanha suja do candidato do PSB: reportagem publicada neste final de semana expõe todas as contradições e fragilidades da candidatura de Campos à prefeitura do Recife. Texto também cita lambe-lambe ofensivos espalhados pela cidade, que mostram claramente uma atitude desesperada do PSB a poucos dias da eleição em segundo turno
  • “Toda a minha solidariedade aos familiares de João Alberto Silveira Freitas e que os culpados sejam responsabilizados”, cobrou a candidata à Prefeitura do Recife pelo PT, Marília Arraes. Freitas foi espancando até a morte no estacionamento do supermercado Carreffour, na noite de quinta-feira (19), em Porto Alegre (RS). “Enquanto não combatermos o racismo estrutural, a gente não combate a desigualdade, afirmou Marília, nesta sexta-feira (20), durante ato para celebrar Dia da Consciência Negra
  • Candidata a prefeita do Recife pelo PT levou ao Alto Santa Isabel, na terça-feira (17), proposta para colocar corrimão nas escadarias de todos os morros e beneficiar 500 mil moradores. “É preciso lembrar que a escadaria é a rua de muita gente. As pessoas precisam andar nesses lugares sem estrutura nenhuma, sem iluminação”, afirmou Marília Arraes. Campanha continua a crescer: Anderson Ferreira, prefeito reeleito de Jaboatão, anunciou apoio à candidatura de Marília. “Juntos vamos resgatar o desenvolvimento econômico e social dos municípios da Região Metropolitana do Recife”, disse a petista
  • A cada ‘live’ ou aceno do presidente, candidatos do campo bolsonarista afundam nas pesquisas e perdem tração, na reta final das eleições municipais. Em seis capitais, o líder da extrema-direita transformou a indicação num problema político, ampliando o repúdio dos eleitores ao governo federal. Enquanto isso, o PT segue avançando, consolidando-se como a maior força da oposição no país, mostrando competitividade e força
  • Candidata à Prefeitura pelo PT foi a única dentre todos os postulantes que apresentou crescimento constante em amostras do Ibope e do Datafolha, saindo de 14% para 21% das intenções de voto e consolidando o segundo lugar. “A gente quer o combate às desigualdades no topo das prioridades e o povo no centro das decisões”, afirma Marília
  • Leilão que terá obras de 37 artistas será realizado na quarta-feira e terá transmissão pelo Youtube da candidata do PT. Na prefeitura, Marília Arraes pretende executar projetos culturais que venham a interligar vários setores da administração. “Incentivaremos as atividades culturais e suas interfaces com a educação, o turismo, o meio ambiente, a saúde e o esporte e o lazer, criando e executando projetos envolvendo várias secretarias, entendendo a cultura como um tema transversal”, diz
  • Candidaturas apoiadas pelo líder da extrema-direita brasileira derretem nas principais capitais do país. Sem mostrar saída para crise, com inflação alta e desemprego recorde, rejeição a Bolsonaro cresce e explica enfraquecimento dos ungidos pelo Planalto. Crivella patina no Rio, Russomano esfarela em São Paulo e, em Belo Horizonte, Engler derrapa. No Recife, direita se divide e empaca na corrida pelo comando da prefeitura 
  • Candidata do PT à Prefeitura do Recife também relembrou em programa eleitoral trajetória e legado do avô, Miguel Arraes. “Arraes não é só meu sobrenome e o PT não é só o meu partido. São símbolos de um projeto de transformação social”, afirmou Marília, em vídeo divulgado nesta quinta-feira (15)
  • Candidata a prefeita pelo PT no Recife, Marília Arraes, lançou nesta quinta-feira (08) o seu programa de governo “Recife Cidade Inteligente”, com os projetos que vai realizar no Recife ao longo de sua gestão. “Nosso programa prioriza o combate às desigualdades, mas também tudo aquilo que foi abandonado nos últimos anos”, disse
  • Candidata do PT à Prefeitura do Recife (PE), Marília Arraes afirma que a juventude, que representa 35% da população na capital pernambucana, é pilar fundamental do ‘Recife Cidade Inteligente, seu programa de gestão com foco no enfrentamento à pobreza. “As imensas contradições sociais que marcam o Recife impactam diretamente na juventude, sobretudo a negra e periférica”, diz Arraes. “Política para a juventude não pode ser apenas sortear smartphone e bicicleta”, critica Marília, referindo-se à gestão atual. “Vamos realizar um programa de inclusão, educação e qualificação profissional para os jovens”. Nesta sexta-feira (2), a candidata sai na frente e inaugura comitê de campanha