Posts arquivados em

Vacina

  • Carreatas, atos e até protestos em bicicletas foram realizados em capitais e cidades do interior para mostrar a insatisfação do povo brasileiro com o governo genocida de Jair Bolsonaro. “Fora, Bolsonaro” foi o grito mais ouvido nas ruas, confirmando a queda de popularidade do atual presidente e a urgência do Congresso Nacional pautar o pedido de impeachment
  • Mobilização nacional começa neste sábado (23) com frentes populares, partidos de oposição, sindicalistas e representantes de movimentos sociais. Entre as bandeiras de luta, além do impedimento de Jair Bolsonaro, o enfrentamento da crise sanitária com vacinação para toda a população e o fortalecimento do SUS. A retomada do auxilio emergencial e a proteção ao emprego, bem como a luta contra o teto de gastos e a reforma administrativa também são alvos da campanha. A organização alerta para a necessidade de protestar com segurança, respeitando os protocolos sanitários
  • Em seu artigo semanal para a Folha de S.Paulo, neste sábado (19), o ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad critica o descaso do presidente Bolsonaro com o combate à pandemia da Covid-19 e as piadas equivocadas e escrachadas que ele faz para desestimular a vacinação dos brasileiros
  • Diante da inércia de Bolsonaro, que assiste passivamente à escalada de mortes por Covid-19 no país, ex-presidente cobra agilidade do governo para salvar vidas. “Sabe quando eu aceitaria um ministro da Saúde ou diretor da Anvisa que falasse em um ‘prazo de 60 dias’ para terminar de avaliar uma vacina crucial em meio a uma pandemia que já matou mais de 170 mil pessoas? Nunca”, criticou Lula. Em vídeo nas redes sociais, o líder da extrema-direita debocha da Covid-19 e faz piada homofóbica
  • Presidente da Fundação Perseu Abramo, Aloizio Mercadante critica falta de planejamento de Bolsonaro para enfrentar a pandemia do Covid-19. Ele avalia que o presidente subestima pressão popular para garantir a imunização geral. “Quando mais os outros países acelerarem a vacinação, mais difícil vai ser a situação do Bolsonaro e do governo”, avalia.
  • O jornalista Jamil Chade revela que o governo do capitão optou por obter a menor cobertura possível, entre as opções oferecidas pela Covax. Cobertura oferecida pela aliança mundial das vacinas poderia chegar a 50% da população. Após meses de indecisões, Palácio do Planalto chegou ao final do ano de mãos praticamente vazias, tendo fechado apenas um acordo com a Oxford. Enquanto isso, outros países multiplicaram suas apostas em negócios fechados ou pelo menos iniciados com diferentes multinacionais
  • Em audiência na Comissão Mista de Acompanhamento da Covid-19 no Senado, nesta quarta-feira (2), líder da bancada petista questionou representantes do Ministério da Saúde sobre razões para a imunização de grupos prioritários, como prevê o plano preliminar da pasta, e não de toda população. “O Brasil tem um programa nacional de imunização muito consistente, e é uma referência no mundo inteiro. Então não entendo porque excluir algumas parcelas da população, considerando a gravidade da Covid-19”, cobrou o senador
  • Lewandowski cobra do governo federal um plano para a imunização ao Covid-19. Ministério da Saúde segue sem planejamento, enquanto a crise se agrava. Número de mortes no Brasil ultrapassa 170 mil casos, ante o silêncio criminoso do Palácio do Planalto. “Alguém tem dúvidas de que o caso dos quase 7 milhões de testes pra Covid-19 desperdiçados pelo governo é motivo para impeachment?”, cobra Gleisi
  • 1
  • 2