Posts arquivados em

PT na Câmara

  • Líder da Minoria na Câmara protocolou um projeto de lei para prorrogar o pagamento do benefício de R$ 600 por quatro meses. José Guimarães também condenou austericídio fiscal do ministro Paulo Guedes, cujo modelo de restrição de gastos foi desenhado para favorecer o mercado financeiro e massacrar trabalhadores. “É cruel, porque pretende economizar com a parcela mais sofrida da população, quando se sabe que os mais ricos deste país sequer pagam impostos proporcionais às fortunas que ganham”, diz o petista. Presidente da Fecomércio-RJ também defende volta do auxílio para evitar destruição dos demais setores da economia
  • Pelas redes sociais, parlamentares petistas enalteceram qualidades do papa Francisco em sua luta por uma sociedade mais justa e igualitária. “Parabéns pelo aniversário, papa Francisco! Que sorte a nossa ter um papa progressista que respeita a diversidade, prega a defesa do meio ambiente e a inclusão social dos mais pobres. É num mundo assim que acreditamos e pelo qual lutamos. Viva o papa! Felicidades!”, escreveu a presidenta Nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR)
  • Em nota, bancada do partido rechaça remoção do delegado pela cúpula da Polícia Civil. Tayah foi candidato a vereador pelo partido cidade de Manaus e foi transferido para São Paulo de Olivença, a 993 km da capital amazonense. “É nítida a decisão de caráter político e ideológico, já que todos os outros cinco delegados que participaram da disputa eleitoral retornaram às suas lotações originais”, aponta nota assinada pelo deputado Enio Verri (PR)
  • Líder petista acusa o presidente de cometer crime de responsabilidade ao negar vacina chinesa ao povo: “Se a sociedade, os partidos e os parlamentares, precisavam de um motivo para discutir o impeachment, Bolsonaro acaba de cometer um crime contra a Nação”. Bancada quer convocação de Pazuello para explicar trapalhada do governo e cobra do TCU que obrigue Executivo a retomar negociação com chineses
  • “Editorial da Folha ‘Jair Rousseff’ é repulsivo. Dilma é uma mulher honesta e democrata, foi vítima de boicote que afundou o seu governo e do golpe que criou Bolsonaro. O pano de fundo é o teto de gastos que é nefasto com a área social, mas que o jornal admira passando o pano para o rentismo”, afirmou Gleisi, em sua conta no Twitter
  • Presidente vetou projeto de lei que estabelece compensação financeira de R$ 50 mil para médicos, enfermeiros e técnicos incapacitados permanentemente por causa da Covid-19 e para famílias de trabalhadores que morreram em decorrência da doença. Bancada petista na Câmara denuncia crueldade. “Na caneta do presidente Bolsonaro veio um tapa no rosto de cada trabalhador de saúde”, critica Alexandre Padilha (PT-SP), coautor do projeto com Reginaldo Lopes (PT-MG). “O veto mostra o desrespeito do presidente com quem está na linha de frente de combate ao vírus. Para Bolsonaro, é cada um por si e Deus por todos. Só não mexam com a família dele”, diz José Guimarães (PT-CE), líder da minoria